Todas as citações foram retiradas do artigo “TURN DOWN THE HEAT” criado pela National Geographic Creative Works.

“O que acontece
no Ártico não fica
só no Ártico”

© Jasper Gibson

Está na altura de

BAIXAR A TEMPERATURA

A missão de uma mulher para compreender as alterações climáticas

“O Ártico está literalmente a derreter diante dos nossos olhos”.

O permafrost, uma camada de solo espessa e congelada, que se encontra principalmente nas regiões polares, contém o dobro do carbono presente na atmosfera.

À medida que o gelo derrete devido ao aquecimento global, formam-se lagos no Ártico. Estes tornam-se digestores naturais que transformam os micróbios do solo em metano, um gás com efeito de estufa muito mais potente do que o dióxido de carbono.

Para perceber as alterações climáticas é essencial compreender as implicações do degelo do permafrost e o impacto da libertação de metano dos lagos no Ártico.

© Jasper Gibson

“Até 10% do aquecimento global previsto neste século pode resultar do degelo do permafrost”

O Ártico está a aquecer duas vezes mais depressa do que o resto do planeta e a pesquisa de Katey Walter Anthony tem ajudado a revelar que os lagos do Ártico estão a emitir cinco vezes mais metano do que se pensava.

Prevê-se que as emissões destes lagos, também conhecidos como lagos thermokarst, atinjam o seu máximo em 2050. Basta apenas um ano para que esses poderosos gases com efeito de estufa se misturem na nossa atmosfera global.

Existe DUAS VEZES mais carbono
nas camadas de permafrost
do que na atmosfera.

Os lagos do Ártico emitem
CINCO VEZES mais metano
do que se pensava.

Em 2050
os oceanos do Ártico deixarão de
ter gelo nos meses de verão e
os ursos polares poderão ficar
extintos na natureza.

10%

do aquecimento global neste
século pode ser originado pelo
degelo do permafrost, tendo
efeitos em todo o planeta.

Em menos de 100 anos, irá
ocorrer um aumento de 4°C na
temperatura devido às emissões de
carbono induzidas pelos combustíveis fósseis.

As emissões de CO2 são produzidas
pela queima de combustíveis fósseis
para gerar energia.

Optar por tecnologias que
poupam energia pode reduzir
as emissões de CO2.

“Por exemplo, a maior parte da população de ursos polares pode ficar extinta na natureza até ao final deste século”.

A questão deixou de ser se o Ártico está a derreter, mas sim com que rapidez. A NASA reportou que, enquanto vários modelos preveem que o Oceano Ártico deixará de ter gelo durante, pelo menos, uma parte do ano antes de 2100, outros modelos apontam para que ocorra muito antes — nos próximos 50 anos. De qualquer forma, as consequências seriam devastadoras para os ecossistemas naturais.

© NATGEO CREATIVE WORKS

Embora Katey reconheça que este é um retrato sombrio do futuro, é rápida a afirmar que as pessoas têm de passar mais tempo na natureza em vez de viver no medo. “Ao explorar a natureza, o impacto na nossa saúde e a nossa relação com o meio ambiente irão melhorar. Recuperar esta ligação com a natureza é uma das coisas mais importantes que podemos fazer. Se estivermos realmente ligados ao que nos rodeia, as nossas decisões futuras serão mais acertadas”.

“Quando as empresas e as pessoas tomam decisões inteligentes relativamente à tecnologia que utilizam, essas opções também fazem uma diferença positiva no nosso ambiente”.

© Jasper Gibson

“Quando investimos em tecnologias que poupam energia, poupamos dinheiro a longo prazo e reduzimos de imediato a nossa pegada de carbono.”

Katey imprime cópias de mapas e dados provenientes da sua pesquisa de campo e destaca que as empresas como a Epson introduziram impressoras com tecnologia sem calor com um consumo energético baixo. A utilização de menos energia significa uma menor utilização de combustíveis fósseis, o que leva a uma redução nas emissões de carbono para a atmosfera.

© Jasper Gibson

Moldar o futuro da impressão com a Tecnologia sem calor

A mudança de impressoras a laser para impressoras com tecnologia sem calor ajuda-o a utilizar menos energia e a reduzir o impacto ambiental da impressão.

Contacte-nos

Para obter mais informações sobre Tecnologia sem calor, preencha os seus dados abaixo para ser contactado por um representante da Epson.

TEM MAIS ALGUM REQUISITO?
O campo marcado com * é obrigatório.