A Caldicot aumenta a interatividade na sala de aula e elimina o equipamento poeirento

A Caldicot aumenta a interatividade na sala de aula e elimina o equipamento poeirento

Caldicot School – Empenhada no sucesso

A Caldicot School em Monmouthshire, no País de Gales, tem o objetivo de enriquecer as experiências dos alunos através de um ensino dinâmico baseado em valores tradicionais, aliado a uma aprendizagem inovadora. Inaugurada em 1958, a Caldicot tornou-se na primeira escola a ser reconstruída em Monmouthshire no âmbito do programa “21st Century Schools”, um investimento estratégico a longo prazo no património escolar do País de Gales. A nova construção, no valor de 36,5 milhões de libras, foi inaugurada em 2017 com instalações substancialmente melhoradas, incluindo 80 projetores interativos Epson EB-695Wi.

Encontrar uma solução sem pó

Ao ponderar o equipamento para a nova escola, foi essencial para a Caldicot implementar soluções que fossem ao encontro do seu objetivo de proporcionar uma aprendizagem inovadora e interativa aos estudantes.

A Caldicot trabalhou com a equipa do programa 21st Century de Monmouthshire e com a Shared Resource Services (SRS), que apoiaram e equiparam e escola com soluções audiovisuais. Em conjunto, identificaram os problemas dos projetores existentes na escola e decidiram procurar soluções modernas para a nova configuração audiovisual.

Um dos grandes problemas dos projetores existentes na Caldicot era a quantidade de poeiras na escola antiga. Os projetores sobreaqueciam devido ao excesso de poeiras que se acumulava no equipamento. Outro problema grave era o facto de as lâmpadas nos projetores perderem a cor branca original e ficarem amarelas, o que rapidamente se tornou dispendioso para a Caldicot, que tinha de substituir frequentemente as lâmpadas.

Essencialmente, devido a estes problemas, os alunos não conseguiam ver a imagem numa sala iluminada e, por isso, esses equipamentos estavam a ter um impacto negativo substancial na aprendizagem dos estudantes e nos métodos de ensino dos professores.

Delinear um compromisso para melhorar a aprendizagem dos alunos

A equipa do programa 21st Century e a SRS visitaram várias escolas da área com o objetivo de identificar possíveis soluções para as suas necessidades em termos de projetores. Decidiram aceitar a recomendação de duas escolas que utilizavam os projetores de ultracurta distância da Epson. Depois de realizarem a sua própria pesquisa sobre os dispositivos, a escola abordou a Epson no sentido de encontrar a solução certa para responder às suas necessidades e trabalhou em estreita colaboração com a Comcen AV, fornecedora experiente de soluções audiovisuais localizada em Swansea.

A Epson sugeriu o EB-595Wi, o primeiro projetor interativo tátil de ultracurta distância da empresa, que inclui suporte de duas canetas e resolução de ecrã panorâmico. Este projetor atraiu a Caldicot, uma vez que permitia que os professores apresentassem conteúdos de grande escala a uma distância muita curta, com muito poucas sombras ou reflexos.

Mais de 50 por cento dos estudantes numa sala de aula média no Reino Unido consideram o conteúdo apresentado num ecrã de 70 polegadas difícil de ler, o que afeta negativamente a aprendizagem dos alunos. 1Por isso, a Caldicot School quis garantir que cada estudante recebia as mesmas oportunidades visuais na sala de aula e, assim, o mesmo direito à igualdade de oportunidades de educação, com um ecrã de alta definição maior com um tamanho adequado e perfeitamente visível a todos, em comparação com os ecrãs anteriores que eram mais pequenos e tinham uma definição padrão.

A escola ficou muito impressionada com o serviço que recebeu, conforme explicou Paul Miller, Técnico Escolar na Shared Resource Services:

“A Epson forneceu um modelo EB-595Wi num mecanismo de empréstimo a longo prazo, que foi instalado por um técnico de instalação de audiovisuais. Preparámos uma sala de aula de demonstração e Barry Blake, professor de TIC na Caldicot School, organizou sessões de desenvolvimento profissional com os professores no sentido de ensiná-los a utilizar os projetores. 

“O próprio empréstimo foi brilhante. Algumas empresas oferecem apenas empréstimos a curto prazo e outras ofereceram empréstimos durante as férias de verão! A Epson foi verdadeiramente útil ao conceder-nos um empréstimo de instalação a longo prazo, para que os professores se pudessem familiarizar com os projetores. Foi um dos fatores decisivos no momento da decisão final sobre a solução audiovisual que escolhemos. Quando o novo modelo, EB-695Wi, foi lançado em janeiro de 2017, a Epson teve a amabilidade de nos conceder outro empréstimo a longo prazo e trocou o projetor antigo pelo novo.

“A Epson esteve sempre disponível para nos ajudar no que foi necessário. Por isso, é uma relação que está a correr muito bem para nós.”

A escola tirou partido da campanha Trade In de 2017 da Epson, uma iniciativa que reembolsa os clientes que atualizam o respetivo equipamento e os ajuda a ter a tecnologia mais recente no mercado. No Reino Unido e Irlanda, foram substituídos no total mais de 600 projetores e 450 quadros brancos interativos, retirando do mercado muitos kits desatualizados e fornecendo a muitas escolas e empresas configurações audiovisuais atualizadas. 2

Conseguir uma forma de aprendizagem mais interativa

Quando os projetores antigos estavam em uso, a Caldicot reparou que muito poucos professores utilizavam os quadros brancos interativos como apoio ao ensino. No entanto, assim que os projetores Epson foram instalados, a escola assistiu a um aumento impressionante do número de professores que utilizam os quadros durante as aulas, bem como de professores a pedir informações sobre o seu potencial pedagógico futuro.

Ao contrário dos quadros brancos antigos que eram subutilizados, os novos projetores trouxeram uma nova forma de aprendizagem para a sala de aula. Agora, a escola está a utilizar a interatividade em todo o seu potencial e, desta forma, a aumentar a aprendizagem interativa e a participação dos alunos. Os professores já estão a testemunhar os resultados positivos a curto prazo, como o maior envolvimento dos alunos em disciplinas específicas que exigem projeções visuais, e estão confiantes de que estes resultados se refletirão a longo prazo nos resultados dos estudantes.

Ao considerar o desempenho dos novos projetores em termos de nitidez e luminosidade, Barry Blake constatou que os projetores Epson EB-695Wi oferecem uma imagem extremamente nítida, o que significa que todos os estudantes na aula conseguem ler o texto, mesmo em salas com muita luz. Este aspeto está a garantir maiores benefícios para os estudantes e professores, e a ajudar a escola a alcançar os seus objetivos de melhorar a qualidade e interatividade do ensino.

1. Epson anuncia estudo que mostra como o tamanho do ecrã é importante, http://global.epson.com/newsroom/2017/news_20170614.html 2. Promoção Epson Trade, www.epson.co.uk/projector-tradein