Epson esclarece seis mitos sobre a impressão a jato de tinta

Estudo compara soluções a jato de tinta com impressões a laser

Epson esclarece seis mitos sobre a impressão a jato de tinta

24 Fevereiro 2016 - Um estudo independente solicitado pela Epson, que envolveu a participação de mais de 3600 inquiridos, desvenda seis mitos infundados sobre a impressão a jato de tinta que acompanham os utilizadores.

1.    MITO: "A tecnologia jato de tinta é mais cara que a impressão laser" 
Os clientes que utilizam a tecnologia jato de tinta obtêm um número de cópias até quatro vezes e meia superior com dois cartuchos por cor do que com as impressoras laser. Obtém o dobro de cópias com os modelos WorkForce Pro do que com as impressoras laser cor da concorrência1. Conseguem até quatro vezes e meia mais cópias com os modelos RIPS (sistema de embalagem de tinta substituível) do que com as impressoras e fotocopiadoras laser cor2.


  2. MITO: "Com as impressoras laser obtém-se uma produtividade maior do que com a tecnologia jato de tinta" 
As impressoras a jato de tinta imprimem a primeira página até 3,5 vezes mais rápido que as laser, além de reduzir em até dois terços o tempo dedicado a intervenções. Os modelos WorkForce Pro imprimem a primeira página até 3,5 vezes mais rápido do que as impressoras e fotocopiadoras laser cor3. Os modelos WorkForce Pro imprimem os trabalhos típicos de impressão profissional de poucas páginas até 1,5 vezes mais rápido do que as impressoras e fotocopiadoras laser cor4.

Em comparação com as impressoras laser, os modelos WorkForce Pro reduzem até dois terços o tempo dedicado a intervenções5.
Em tiragens de 40.000 cópias, o tempo dedicado a intervenções de utilizador com as impressoras e fotocopiadoras laser pode reduzir-se em até 100% com os modelos WorkForce Pro RIPS6.


3. MITO: "A qualidade da impressão laser supera a da tecnologia jato de tinta" 
A tecnologia jato de tinta garante uma qualidade profissional porque a forma e o volume das gotas de tinta são controlados com precisão. Os injetores das impressoras a jato de tinta com PrecisionCore conseguem até o triplo de densidade do que as cabeças de impressão piezoelétricas tradicionais, com resoluções nativas de 600 ou 720 ppp por chip de impressão.


 4. MITO: "A tecnologia jato de tinta é ruidosa" 
As impressoras a jato de tinta são até 18% mais silenciosas do que as laser. Os modelos WorkForce Pro são até 18% mais silenciosos (equivalente a 29,42 dBA) do que as impressoras e fotocopiadoras laser7.


 5. MITO: "A tecnologia jato de tinta não é tão fiável como a tecnologia laser" 
A tecnologia jato de tinta não requer intervenções com tanta frequência como as impressoras laser, o que a torna mais fiável. Os modelos WorkForce Pro contam com o certificado de fiabilidade da BLI, segundo o qual imprimem até 75.000 páginas sem erros de alimentação nem chamadas para o serviço de assistência8.


6. MITO: "A tecnologia jato de tinta não é ecológica"
A tecnologia jato de tinta consegue reduzir a maioria dos resíduos de impressão e consome 82% menos energia do que as impressoras laser.Em tiragens de impressão de até 80.000 páginas, os modelos WorkForce Pro geram até 95% menos resíduos (equivalente a 77 kg) do que as impressoras e fotocopiadoras laser9. Os modelos WorkForce Pro consomem até 82% menos energia do que as impressoras laser10.
Tradicionalmente, o habitual em contextos de escritório era a impressão a laser. O jato de tinta só era considerado adequado para mercados comerciais como o setor têxtil, rotulagem ou produção em grande escala.

"Em março de 2014, lançámos a gama WorkForce Pro (WFP) de produtos a jato de tinta profissional com tecnologia PrecisionCore, que antes apenas era usada em impressoras industriais de gama alta. O fator revolucionário da PrecisionCore é o seu chip de impressão de alta densidade, que gera até 40 milhões de pontos por segundo com uma precisão assombrosa e, segundo os resultados dos testes mais recentes, consegue uma alta qualidade de impressão a um custo até 50% mais baixo que as impressoras laser cor", comenta Paul Steels, vice-presidente business da Epson Europa.


Agora que cada vez mais organizações descobrem as vantagens de impressão a jato de tinta em relação ao laser, a empresa de estudos de mercado IDC considera que o setor da impressão a jato de tinta vai crescer rapidamente nos próximos anos, até representar 34% do mercado da impressão profissional em 2019. O aumento anual na adoção do jato de tinta em ambientes profissionais, de 13%, contrasta com os escassos 2% da tecnologia laser11.

"Para nos ajustarmos ao crescimento do mercado, otimizar a qualidade das cabeças de impressão e conseguir a máxima produtividade, investimos 125 milhões de euros em linhas de produção avançadas e totalmente automatizadas no Japão, somando um investimento de mais 73 milhões de euros este ano. As linhas de produção, equipadas com robots industriais Epson, combinam uma tecnologia de jato aperfeiçoada ao longo de duas décadas, com técnicas de microfabrico baseadas em sistemas microeletromecânicos (MEMS), que irá permitir-nos criar toda uma gama de novas cabeças de jato de tinta que imprimam melhor, mais rápido e com uma fiabilidade e flexibilidade maiores", conclui Paul Steels.

Os testes independentes foram realizados pela Buyers Laboratory LLC (BLI), em que são comparadas soluções de jato de tinta profissionais WorkForce Pro (WFP) e os modelos WorkForce Pro, com sistema de embalagem de tinta substituível (Replaceable Ink Pack System - RIPS), da Epson com impressoras e fotocopiadoras laser da concorrência, evidenciam o quanto a tecnologia jato de tinta evoluiu e o que está incorreto nos seis mitos mencionados.

 

Referências:

1 Segundo testes realizados pela BLI durante dois meses até abril de 2015, em comparação com todos os equipamentos da concorrência analisados no momento da publicação. Mais informação em www.epson.eu/inkjetsaving

2 Segundo testes realizados pela BLI durante dois meses até abril de 2015, em comparação com todos os equipamentos da concorrência analisados no momento da publicação.

3 Segundo testes realizados pela BLI durante dois meses até abril de 2015 sobre o tempo de impressão da primeira página (FPOT) após uma noite de inatividade, em comparação com todos os equipamentos da concorrência analisados no momento da publicação.

4 Segundo testes realizados pela BLI durante dois meses até abril de 2015, sobre a média do rendimento saturado estimado (ESAT/FSOT) em comparação com todos os equipamentos da concorrência analisados no momento da publicação.

5 Segundo testes encomendados pela Epson e realizados pela BLI durante dois meses até abril de 2015, em comparação com uma seleção de equipamentos da concorrência.

6 Segundo testes encomendados pela Epson e realizados pela BLI durante dois meses até abril de 2015, em comparação com uma seleção de equipamentos da concorrência.

7 Segundo testes encomendados pela Epson e realizados pela BLI durante dois meses até abril de 2015, em comparação com uma seleção de equipamentos da concorrência.

8 Segundo testes realizados pela BLI durante dois meses até abril de 2015.

9 Segundo testes encomendados pela Epson e realizados pela BLI durante dois meses até abril de 2015, em comparação com uma seleção de equipamentos da concorrência.

10 Segundo testes encomendados pela Epson e realizados pela BLI durante dois meses até abril de 2015, em comparação com uma seleção de equipamentos da concorrência.

11 Segundo testes encomendados pela Epson e realizados pela BLI durante dois meses até abril de 2015, em comparação com uma seleção de equipamentos da concorrência.

 

Sobre o estudo da Buyers Laboratory 
A Buyers Lab LLC (BLI), principal autoridade independente no setor da digitalização de documentos e fornecedor de inteligência competitiva, testes e avaliações, levou a cabo os testes durante seis meses e até julho de 2015.
A BLI testou separadamente os seguintes modelos: WorkForce Pro WF-5620DWF, WorkForce Pro WF-5690DWF, WorkForce Pro WF-R5690DTWF, WorkForce Pro WF-8590DWF e WorkForce Pro WF-R8590DTWF.
A BLI realizou os seguintes testes comparativos:

  •  Comparação direta entre modelos A4 (série WF-56xx, RIPS incluídos) em relação a 5 equipamentos laser da concorrência.
  •  Comparação direta entre modelos A3 (WF-R8590 DTWF) e 5 fotocopiadoras A3 cor da concorrência.

Sobre a Buyers Laboratory LLC
A Buyers Laboratory LLC (BLI) é líder mundial e fornecedor independente de serviços de avaliação e informação analítica para o setor da gestão documental. Durante mais de cinquenta anos, os consumidores têm confiado na empresa para poder distinguir os prós e os contras de cada produto e tomar as melhores decisões de compra. Por outro lado, os profissionais de vendas, marketing e produtos recorrem à BLI para obter aconselhamento e informação da concorrência sobre temas como o desenvolvimento de produtos, canal de vendas e posicionamento competitivo, assim como apoio em questões de marketing. A BLI também oferece serviços privados de avaliação que ajudam os fabricantes a desenvolver e comercializar melhor os seus produtos e consumíveis. Mais informação em www.buyerslab.com

 

 

Sobre a Epson
A Epson é líder global de inovação, dedicada a superar as expectativas com soluções para mercados tão diversos como empresas, particulares, comércio e indústria. A gama de produtos Epson inclui desde impressoras jacto de tinta, sistemas de impressão e projectores 3LCD a robôs industriais, óculos inteligentes e sistemas de detecção e baseia-se em tecnologias originais compactas, energeticamente eficientes e de elevada precisão. 

Liderado pela Seiko Epson Corporation, com sede no Japão, o Grupo Epson conta com mais de 72.000 colaboradores em 93 empresas distribuídas por todo o mundo, e tem orgulho nos seus constantes e contínuos contributos para a protecção ambiental e das comunidades onde opera. 
www.epson.pt

Ecofirma
Telefone: 213 240 227
Marta Pais - mpais@atrevia.com          
Maria João Barbedo - mbarbedo@atrevia.com

  • Raúl Sanahuja
    Raúl Sanahuja

    Endereço de e-mail

    prensa@epson.es

    Telefone

    +34 93 582 15 00